ESTUDO DE CASO: UMA METODOLOGIA PARA PESQUISAS EDUCACIONAIS

Autores

  • Luana Monteiro UFSCAR- Sorocaba
  • Jiane Ribeiro Tormes UFSCar-Sorocaba e Colégio Adventista de Sorocaba - SP.
  • Luiza Cristina Simplício Gomes de Azevedo Moura UFSCar-Sorocaba e Rede Municipal de Ensino de Sorocaba - SP

Palavras-chave:

Estudo de caso. Pesquisa qualitativa. Educação.

Resumo

No âmbito da pesquisa qualitativa em educação, o estudo de caso caracteriza-se como estratégia de investigação cujo objetivo é olhar para o estudo de caso que, em sua particularidade requer imersão e desvelamento de seus condicionantes, enquanto opção metodológica. O objetivo desse artigo é discutir reflexivamente os conceitos e caracterização do estudo de caso como estratégia de pesquisa científica sob o olhar qualitativo, os seus eixos procedimentais predominantes, bem como o tratamento de dados nessa diretriz e a elaboração do relatório final. Trata-se, portanto, de uma pesquisa exploratória, de cunho qualitativo, orientada pela revisão de literatura especializada (YIN, 2005; STAKE, 2013). No desenvolvimento da pesquisa em educação, os estudos de casos solicitam dos pesquisadores sensibilidade e destreza quanto às interpretações e recorrências desveladas pelo objeto, bem como o cuidado ético na transparência das etapas e socialização dos resultados, portanto, é uma estratégia validada pela expressão de uma realidade detalhada

Palavras-chave:  Estudo de caso. Pesquisa qualitativa. Educação.

Biografia do Autor

Luana Monteiro, UFSCAR- Sorocaba

Mestranda em Educação - UFSCar-Sorocaba

Jiane Ribeiro Tormes, UFSCar-Sorocaba e Colégio Adventista de Sorocaba - SP.

Aluna especial do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFSCar-Sorocaba. Coordenadora Pedagógica no Colégio Adventista de Sorocaba - SP.

Luiza Cristina Simplício Gomes de Azevedo Moura, UFSCar-Sorocaba e Rede Municipal de Ensino de Sorocaba - SP

Aluna especial do PPGED - UFSCar-Sorocaba. Diretora de escola na Rede Municipal de Ensino de Sorocaba - SP.

Referências

ANDRÉ, M. Pesquisa em educação: buscando rigor e qualidade. Cadernos de pesquisa, v. 113, p. 51-64, 2001. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-15742001000200003&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 28 jun. 2018.

ANDRÉ, M. Estudo de caso: seu potencial na educação. Cadernos de pesquisa, v. 49, p. 51-54,1984.Disponível em: http://publicacoes.fcc.org.br/ojs/index.php/cp/view/1427. Acesso em: 28 jun. 2018

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. K. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto Editora, 1994.

BRZEZINSK, I; GARRIDO, E. Trabalho docente: mapeando a pesquisa em teses e dissertações brasileiras. Educação & Linguagem, v. 10, n. 15, p. 60-81, 2007. Disponível em: http://bdpi.usp.br/item/001602611. Acesso em: 28 jun. 2018.

CHIZZOTTI, A. A pesquisa qualitativa em ciências humanas e sociais. Rio de Janeiro: Vozes. 2006.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

MORRIS, L. L; FITZGIBBON, C. T.; FREEMAN, M. E. How to communicate evaluation findings. Newbury Park, CA: Sage, 1987.

STAKE, R. E. Estudos de caso em pesquisa e avaliação educacional. Educação e seleção, n. 7, p. 5-14, 2013. Disponível em: http://www.fcc.org.br/pesquisa/publicacoes/es/artigos/55.pdf. Acesso em: 28 jun. 2018.

YIN, Robert K. Estudo de Caso: Planejamento e Métodos. Bookman editora, 2005.

Downloads

Publicado

2018-07-12